5 Mitos Sobre o Veganismo Que Você Não Vai Acreditar!

Quando falamos que somos vegans em uma roda de conversa é muito comum que as pessoas perguntem ou afirmem inverdades sobre o veganismo. Geralmente, as afirmações são sempre as mesmas. Confira os 5 mitos mais comuns associados ao veganismo e tire de letra.

1 – Ser vegan não é saudável – FALSO

A dieta vegetariana, a qual só apresenta alimentos de origem vegetal, é geralmente associada a pessoas extremamente magras e pálidas. Geralmente, quando você diz que é vegan, é comum que as pessoas logo perguntem sobre a sua saúde, se você não fica doente com frequência ou coisas do tipo.img_5_mitos_1

Realidade: a dieta vegetariana é uma das mais saudáveis que existe. De fato, ela ajuda a regular o colesterol e excesso de gordura, que pessoas que comem derivados animais geralmente apresentam. Ela é ótima para prevenir diabetes tipo 2, problemas cardiovasculares e câncer de cólon do intestino. Ela é rica em fibras, vitaminas, minerais. Como é baixo em vitamina B12, o vegan geralmente deve suplementar a vitamina com suplementos veganos de B12, quando necessário.

2 – Somente vegans precisam de suplementos vitamínicos – FALSO

As raras pessoas que lêem sobre o assunto e que te perguntam sobre seu veganismo, vão geralmente apostar no argumento de que somente veganos precisam suplementar a B12 ou vitamina D. Como a B12 precisam ser suplementada, eles afirmam, o veganismo não é natural ou saudável.img_5_mitos_2Realidade: a maioria das pessoas, principalmente aquelas residentes de países frios, precisam suplementar a vitamina D, pois mesmo comendo derivados animais, muitas delas mostram deficiência. O iodo também é um caso comum de deficiência e por isto, este é suplementado no sal de cozinha. Muitas pessoas não veganas ficam anêmicas e precisam suplementar ferro e o mais interessante é que, mesmo a tão famosa B12 também é um fator de risco para muitas pessoas que comem derivados.

3 – Veganos são como pastores, adoram pregar – FALSO

Muitas pessoas dizem que vegans são chatos e que é só ser apresentado a um deles para começar a ter que engolir o papo de direitos dos animais e como a pecuária está destruindo a natureza.img_5_mitos_3_1Realidade: apesar de ser comprovado por muitos centros de pesquisa que a pecuária está de fato destruindo a floresta amazônica e que é uma das principais fontes poluidoras do planeta, vegans não saem espalhando isto por aí, a não ser que seja em uma situação específica, como em rodas de discussão, palestras ou em uma mesa com outros amigos vegans. De fato, vegans tendem a ser discretos, até porque, pessoas que comem derivados tendem a não gostar deles ou tendem a provocar com perguntas como “alfaces sentem dor”, assim que acham uma oportunidade.

4 – Crianças não podem ser vegans – FALSO

Geralmente, as pessoas não veganas ficam chocadas quando descobrem que alguns pais estão levando o veganismo também para seus filhos. Eles dizem se tratar de imposição ideológica e violência.img_5_mitos_4Realidade: vamos lembrar que impor carnes, açúcar refinado, transgênicos e derivados animais cheios de gordura saturada também é um hábito que os pais impõem aos filhos. Ou seja, tudo não passa de escolhas que os pais optam para seus filhos, seja comer derivados animais ou seja aderir ao veganismo. Aliás, é possível que alguns digam que a carne é necessária para o desenvolvimento e que por isso esta escolha seria melhor, mas, na realidade,e a dieta vegetariana é muito saudável para crianças e elas se desenvolvem normalmente e com muita energia, desde que ela seja feita corretamente. Abaixo video sobre essa questão “Criança Veganas”.[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=xSHIRLvPbvk[/embedyt]

5 – Veganismo é difícil – FALSO             

É comum que pessoas afirmem que não aguentariam ser veganas, pois é muito difícil. – DEPENDE DE VOCÊimg_5_mitos_5Realidade: as pessoas associam as dificuldades do veganismo aos alimentos e produtos, que são, muitas vezes, de difícil acesso. Porém, a dieta vegetariana é muito acessível, pois tudo se encontra na feira. A única dificuldade inicial será reaprender a se alimentar e conseguir proteínas, ferro, B12 e D de maneira suficiente através dos vegetais e do Sol. Ou seja, para quem gosta de estudar, o veganismo é bem fácil, mas não é preciso ler livros pesados para tal! Já existem grupos no Facebook que auxiliam as pessoas gratuitamente e de maneira acessível (clique aqui para conhecer o Troll Ajuda) a aprender o básico sobre nutrição e veganismo em geral. No caso de outros produtos veganos, como produtos de limpeza, cosméticos, existem muitas maneiras de se fazer os produtos em casa, ajudando na economia do dia a dia.

Visite o site Pensando ao Contrário para conhecer algumas receitas caseiras de produtos de limpeza e cosméticos veganos.

Viu? Ser vegan é demais! E todo mundo pode fazê-lo!