Histórico! Desfile do London Fashion Week Dispensará Peles de Animais

A London Fashion Week dispensará, pela primeira vez, o uso de pele animal em seu desfile, após o British Fashion Council (BFC) afirmar que nenhum dos designers participantes exibirá peças feitas com pele. O anúncio foi feito após uma pesquisa realizada entre os designers, os quais foram influenciados por uma série de protestos cada vez mais crescentes contra o uso de peles de animais no mundo todo.

Caroline Rush, diretora executiva do BFC, afirma que o evento 100% “fur-free” evidencia uma tendência bastante presente nos últimos anos, na qual cada vez mais marcas decidem substituir peles de animais por materiais alternativos. A Burberry é uma delas. De acordo com a diretora de comunicação da Humane Society, Wendy Higgins, a maioria dos consumidores britânicos não deseja se associar à crueldade envolvida na produção de pele. Dessa maneira, a Burberry servirá como exemplo para outras grifes que ainda fazem questão de utilizar pele em seus desfiles, como a famosa Prada.

A mencionada pesquisa faz parte da iniciativa de moda positiva do BFC, criada para encorajar designers e empresas a considerarem aspectos como sustentabilidade, igualdade, diversidade e comunidade em seus processos de produção. Segundo Rush, os resultados revelam que a indústria está vivendo uma mudança cultural baseada em ideais e escolhas feitas dentro das próprias marcas. Ela também afirma que grifes como Stella McCartney, Gucci, Yoox Net-A-Porter, Versace e Vivienne Westwood começam a considerar opções alternativas à pele animal, influência que acaba se estendendo a outras marcas famosas do mundo da moda.

Com base nessa notícia histórica, é possível observar como a ética e a sustentabilidade se tornam aspectos cada vez mais importantes na hora de produzir vestimentas e acessórios. O fato da tendência “fur-free” se disseminar até mesmo entre os gigantes do mundo da moda, mostra como o ativismo em prol dos direitos dos animais está fazendo a diferença. Espero que outros eventos de moda também passem a dispensar o uso de peles de animais a partir de agora. Só assim poderemos acabar com essa indústria cruel que os trata como meras mercadorias.

Por Julia P. Dünner, autora do blog Vida Consciente

IG: @vida__consciente

Fonte:
The Guardian