Dieta vegana não gera prejuízos aos atletas – Destaque no Portal TERRA

Atletas veganos não são mais fracos. A dieta vegana ou vegetariana não torna o atleta mais fraco, muito pelo contrário. “A mais recente revisão científica sobre o tema da performance desportiva concluiu que uma alimentação deste gênero em nada interfere no desempenho dos atletas. Muito pelo contrário, ela pode ajudar na performance dos atletas ao garantir maiores reservas de energia, um melhor sistema imunológico e um efeito alcalinizante no balanço ácido-base do corpo”, explica Pittner.” (Fonte / Terra).

Acesse a notícia completa abaixo:

NOTÍCIAS VEGANAS

O objetivo dessa ferramenta criada pelo site Cultura Veg – Notícias Veganas é de trazer informações sobre o mundo do veganismo em instantes. Serão divulgados notícias de destaque nas grandes mídias a respeito de cultura, eventos, direito animal, veganismo, vegetarianismo, notícias, informações de urgência e tudo que for de importância em prol dos os
animais.

Gostaríamos de saber se está gostando dessa nova forma de receber a notícias veganas de uma forma mais rápida e direta. Agradeceríamos se pudesse nos dizer o que achou nos comentários abaixo.

O QUE É VEGANISMO

Pontos importantes sobre: o Veganismo não é uma dieta e sim movimento que busca se posicionar contra a exploração, abuso e crueldade animal perante o mundo, a dieta do vegano é a dieta vegetariana real (somente alimentos de origem vegetal).

DEFINIÇÃO DE VEGANISMO
O veganismo é movimento que busca excluir na medida do possível e do praticável, todas as formas de exploração e de crueldade contra animais, seja para a alimentação, para o vestuário ou para qualquer outra finalidade. Dos veganos junk food aos veganos crudívoros – e todos mais entre eles – há uma versão do veganismo para todos os gostos. No entanto,
uma coisa que todos nós temos em comum é uma dieta baseada em vegetais, livre de todos os alimentos de origem animal, como: carne, laticínios, ovos e mel, bem como produtos como o couro e qualquer produto testado em animais.” The Vegan Society, da Inglaterra