Direitos humanos para cães e gatos são aprovados na Espanha

Um novo marco possivelmente marcará a história dos direitos dos animais e também a história humana para sempre. Na cidade espanhola de Trigueros del Valle foi aprovado unanimemente um projeto que definirá cães e gatos como cidadãos não humanos, dando-lhes direitos similares aos humanos.

img_espanha1De acordo com o prefeito socialista Pedro Pérez Spinoza, os cães e gatos conviveram com o ser humano por milênios e, assim, o prefeito deve governar não só para os humanos, como também para os outros tipos de cidadãos.img_espanha3Além desta notícia maravilhosa, a lei ainda proibe a mutilação e morte de outras criaturas, o que auxilia o movimento anti-touradas, todavia a lei não é clara sobre seu posicionamento, a respeito de animais criados para alimentação humana, como bois, vacas, galinhas, frangos, porcos e outros.

A lei é especista do ponto de vista de que somente considera que cachorros e gatos terão direitos humanos na cidade, apesar disso, este fato é inédito na história humana, somente tendo acontecido um caso similar nos Estados Unidos, quando quatro chimpanzés foram considerados como portadores de direitos. Neste caso, porém, não houve modificação nas leis, sendo apenas uma exceção judicial.

img_espanha4De fato, é possível que esta lei, que agora só considera cães e gatos, abra grandes precedentes para que outras cidades do mundo passem a apoiá-la também. Além disso, é possível que mais e mais animais serão incluídos no futuro, até que, por fim, todos os animais passem a ter direitos e até advogados que trabalhem em sua defesa, usando como argumento os direitos dos não humanos.

Vamos torcer para que esta lei traga novas vitórias futuras para os animais.

Fonte: Independent UK