Entrevista com Leon Denis sobre o livro “Educação Vegana – Perspectivas no Ensino de Direitos Animais” – importante obra para o direito animal

O site Cultura Veg agradece desde já Leon Denis por conceder essa entrevista para falar sobre o livro Educação Vegana – Perspectivas no Ensino de Direitos Animais. Abaixo a entrevista completa:

  1. De quem foi a ideia e qual o fator motivador de escrever o livro “Educação Vegana – Perspectivas no Ensino de Direitos Animais”?

Os capítulos são fruto do I Seminário Brasileiro de Educação Vegana Abolicionista que ocorreu em São Paulo em 2015. A minha ideia é levar a todos os interessados no assunto algumas das temáticas que foram discutidas nesse evento. Colegas de outros Estados que não tiveram a oportunidade de participar do evento agora podem ter em mãos os textos.

  1. Poderia nos falar mais sobre as ideias dos capítulos que falam sobre matemática e direito animal, e o capítulo “Educação Vegana em Clarice Lispector”.

 O capítulo da educadora matemática e ativista Sarah Rodrigues aponta algumas sugestões de como elaborar problemas matemáticos que envolvam a temática dos Direitos Animais. A autora se fundamenta na Educação Matemática Crítica de Ole Skovsmose, na Etnomatemática de Ubiratan D’Ambrosio, em livros didáticos de matemática e, na obra Galactolatria: mau deleite, da filósofa Sônia Felipe. A introdução dos direitos animais no ensino de matemática é algo novo no Brasil e a autora está fazendo esse trabalho pioneiro com maestria.

Já Evely Libanori e Diego Fascina, trazem uma belíssima reflexão sobre a questão da consideração moral do humano para com o animal não humano perpassando a obra de Clarice Lispector. Os autores pontuam que bem antes que a academia brasileira refletisse a abolição animal, Lispector já havia refletido sobre a temática. Para os amantes da boa literatura e dos animais não humanos, eis o texto a ser lido.

  1. Por que esse livro é importante para o crescimento do direito animal no Brasil?

Acredito que toda obra focada nos direitos animais, numa perspectiva abolicionista, colabora para o crescimento do movimento animalista. Ainda produzimos pouca literatura animalista no Brasil. Vejo que o valor maior dessa obra está no seu caráter interdisciplinar. O leitor e a leitora terão em mãos quatro olhares, o da Filosofia, da Sociologia, da Educação Matemática e o da Literatura. Isso é muito rico.

  1. Como o livro vai ajudar o direito animal nas escolas?

Ela ajudará sendo mais um material de qualidade que os educadores veganos terão em mãos. A obra pode ser usada por um docente de uma das disciplinas abordadas como por docentes de áreas afins, assim como por um grupo de docentes em projetos interdisciplinares. Mas a obra não precisa ficar restrita ao trabalho pedagógico escolar, devido o formato que foi escrito, serve demasiadamente aos colegas especialistas em vários departamentos na academia.

  1. Quais dicas você dá para quem quer iniciar os estudos dos direitos animais?

Leitura, leitura e mais leitura. É preciso ler as obras clássicas da ética animal e dos direitos animais. Autores como Tom Regan, Peter Singer, Richard Ryder, Marc Bekoff, Sônia Felipe (a lista é imensa), são um bom começo. Não ter preguiça intelectual e mergulhar nas varias teorias éticas que discutem a questão animal: deontologia, utilitarismo, ecofeminismo, contratualismo, ética das virtudes… É importante ler autores bem-estarista e especistas, para conhecer bem os argumentos de quem defende o uso dos animais.

  1. A leitura do livro é destinado a qual tipo de leitor?

 A obra é destinada a todos e todas que se interessam pela teoria dos direitos animais e pelo modo de vida vegano aplicados no campo pedagógico pelas disciplinas listadas acima: Filosofia, Sociologia, Literatura e Matemática. Acredito que ativistas, estudiosos, e simpatizantes terão muito a ganhar com a leitura dessa obra.

  1. Quando será o lançamento?

Ainda não fechamos uma data e local para fazermos o lançamento. Talvez em julho, no II Seminário Brasileiro de Educação Vegana Abolicionista.

  1. Onde encontrar o livro para comprar?

 O livro pode ser adquirido diretamente com a editora no email cesar@editorafiloczar.com.br, ou nas Livrarias Loyola.

Mais uma vez nós do site Cultura Veg agradecemos a entrevista e esperamos que sirva de inspiração para as pessoas veganas e não veganas se aprofundarem no direito animal. Parabéns a todos os envolvidos nessa obra em prol dos animais.