Polêmica: ministra do meio-ambiente da Alemanha bane carnes do cardápio governamental

A ministra do meio-ambiente da Alemanha Barbara Hendricks baniu o consumo de qualquer carne animal nas cantinas do ministério do meio-ambiente na Alemanha e afirmou que a medida servirá de exemplo na luta contra o aquecimento global e degradação ambiental. Segundo ela,  o ministério do meio-ambiente quer “dar um bom exemplo  de proteção climática  porque a alimentação vegetariana é mais ambientalmente correta que aquela contendo carnes animais”.

Apesar do incentivo, vários ministros e inclusive a chanceler Angela Merkel não gostaram da nova medida e consideram o ofício como paternalista e uma forma de controlar a vida privada das pessoas do governo.  Além disso, muitos estão considerando a medida como hipócrita, pois a carne só foi banida em algumas cantinas, enquanto que a ministerial continuará a servir carne.

De qualquer maneira e, apesar dos ânimos abatidos, a medida é positiva e sublinha a importância do consumo de derivados animais na degradação ambiental. Se a vida privada de uma população inteira começa a influenciar a própria sobrevivência da humanidade no futuro, até que ponto o estado não deve intervir e dar o exemplo?